2009 – Relembre a 1ª vez que Salvador Sobral apareceu na televisão.

Salvador Sobral ficou conhecido pelos portugueses nos Ídolos em 2009. No programa de caça talentos, o jovem mostrou-se animado e bem disposto perante os jurados.

Quem diria que este jovem “mal vestido” naquele dia dos Idolos, se iria tornar uma grande esperança para os portugueses no Festival da Eurovisão em 2017.

Reveja o momento…

Pessoas que bebem café sem açúcar podem ser psicopatas.

Recentemente foi realizado um estudo que está a gerar alguma polémica. A Universidade de Innsbruck, na Austria realizou um estudo e concluiu que quem gosta de coisas amargas pode vir a ser um psicopata, nomeadamente o café.

Os estudos incluíram 1000 pessoas e algumas receitas de chocolate e café, desde o muito amargo até ao muito doce. A grande maioria das pessoas que preferiram as receitas mais amargas foram aquelas que tem um perfil mais maléfico. As pessoas que preferiram os mais doces tem personalidades muito mais humildes e meigas.

Partilhe com os seus amigos.

Mesmo sem braços ela foi ao Got Talent tocar piano e cantar. Levou botão dourado.

É por isto que o Got Talent é dos melhores programas alguma vez feito para caçar talentos. Conheça Lorelai Mosnegutu de 14 anos, que nasceu sem braços e foi abandonada à nascença por não ter braços.

Mas esta jovem foi logo adotada e 14 anos depois veio mostrar que não ter mãos não é uma limitação. No Got Talent da Roménia esta jovem deslumbrou e para alé de conquistar o publico, levou também o botão dourado.

Lindo de se ver.

Cristina Ferreira agora tem um avião.

A apresentadora Cristina Ferreira não baixa os braços e tenta sempre alcançar novos objetivos. Desta vez a jovem conseguiu um avião. Não é que o avião seja dela, mas a SATA decidiu batizar um avião de Cristina (ver foto abaixo).

A apresentadora já deu a cara várias vezes pelos Açores, e desta vez foi a SATA que decidiu valorizar o nome “Cristina”.

No seu Facebook a apresentadora diz apenas “Bom dia.” e mostra esta fantástica foto.

Cifrão fez dança que está a dar a volta ao mundo.

Cifrão realizou uma dança que está correr a internet. O jovem que teve a iniciativa de criar a academia de dança “Online Dance Academy” lançou um vídeo que mistura duas gerações.

A dança chamada de “There’s No Age For Dancing” coloca um rapaz muito novo e um homem de idade avançada no palco com uma coreografia espetacular. Cifrão escreveu no seu Facebook “Podia muito bem ser uma história de amor e ternura entre avô e neto e, na realidade, não foge muito disso. O filme reúne o “pai do sapateado”, Michel, e uma das maiores esperanças no ballet, Francisco. Em palco, Michel anula a gravidade numa dança leve e intemporal, num registo que cala a sua idade. Francisco move-se com a maturidade que ainda não tem, em coordenações certas e infalíveis, plenas de emoção. Juntos, destronam padrões e preconceitos num aplauso prolongado por uma admiração mútua, sublinhando o maior dos ensinamentos: para a dança não há idade.”

E este é o fantástico vídeo.

Ele aperta um parafuso na rolha. Espera até ver o motivo.

Todos nós temos rolhas de cortiça em casa, mas geralmente não lhes damos utilidade e vão todas para o lixo. Mas vai deixar de deitá-las fora depois de ver isto.

Este video vai mostrar-lhe algumas opçoes inteligentes para dar uso as rolhas de cortiça. Se até agora achava que não tinham qualquer utilidade, então agora vai pensar nelas como um utencilia diário. Os seus amigos vão gostar de saber destes truques…

Pare de guardar os ovos no frigorífico. É importante que leia e partilhe isto.

A grande maioria dos alimentos só se conserva dentro de frigoríficos ou congeladores, mas alguns deviam estar longe de áreas muito frias.

Um desse alimentos é os ovos. Testes recentes provaram que salmonela e outras bactérias se mantém vivas em ambientes muito frios, principalmente no caso da salmonela, esta tem tendência a multiplicar-se e a contaminar os produtos em seu redor. Sabe-se que em alguns países este hábito está completamente fora de questão e agora este estudo veio dar a prova que faltava. Pela sua saúde, evite ovos em ambientes demasiado frios.

Carta aberta de trabalhadora do Continente está a dar a volta a Portugal.

Uma carta escrita por uma funcionária dos hipermercados Continente está a correr a internet em Portugal. A verdade é que quando nós reclamamos com os funcionários por um pormenor insignificantes, não fazemos ideia da miséria que está por detrás dos rostos que todos os dias nos atendem.

Esta carta revela um autentico abuso por parte das entidades que gerem esta rede de lojas. Leia a carta abaixo com atenção e veja os 8 pontos mais negativos deste hipermercado. A partir de agora você vai olhar para os trabalhadores de outra forma.

1 – salário
Trabalho 20h semanais em troca de 260€ mensais, o que dá pouco mais de 3€ por hora. Que isto se possa pagar a alguém em 2015 devia ser motivo de vergonha para um país inteiro. Que seja um milionário a pagar-me esta esmola devia dar pena de prisão efectiva.
2 – precariedade
Já vou no terceiro ‘contrato’ de seis meses e ainda não passei a efectiva. Quando chegar a altura em que poderei finalmente entrar para o quadro, serei dispensada como tantas outras. A explicação para a quebra brutal na natalidade está encontrada: afinal, alguém consegue ter filhos nestas condições?
3 – trabalho não remunerado fora do horário de trabalho
Se o futuro é uma incógnita, o presente é sempre igual: todos os dias, sem excepção, trabalho horas extra grátis que me são impostas. O meu horário de saída é às 15h mas, depois dessa hora, ainda tenho para executar várias tarefas obrigatórias, que me levam entre 15 a 20 minutos diários, como arrumar os cestos das compras e os artigos que os clientes deixam ficar na caixa ou guardar o dinheiro no cofre. No quase ano e meio que levo a trabalhar no Continente, devo ter saído uns 5 dias, no total, à hora certa. E já cheguei a sair uma hora e meia depois das 15h, apesar de os meus superiores saberem muito bem que dali ainda vou para outro trabalho e de, por isso, eu ter sempre imensa pressa para não me atrasar.
4 – trabalho em dias de folga
Para perpetuar a falta de funcionários na loja, obriga-se aqueles que lá estão a trabalharem pelos que fazem falta, oferecendo assim todos os meses algumas horas do seu tempo de vida e de descanso ao patrão, que deste modo poupa no número de salários a pagar. Mais absurdo: num dia em que esteja de folga, posso ser convocada para ir à loja para fazer inventário. Sou obrigada a ir, apesar de estar na minha folga, e apenas posso faltar mediante justificação médica. E, como se não bastasse, até já aconteceu eu ser avisada no próprio dia da folga.
5 – cada segundo de exploração conta
Neste ano e meio, cheguei uma única vez 5 minutos atrasada e a minha superior foi logo bruta e agressiva comigo, tendo-me gritado e agarrado pelo braço, apesar de supostamente haver uma tolerância para se chegar até 15 minutos atrasada. Nunca mais voltei a atrasar-me. Nem 10 segundos. (Já sair pelo menos 15 minutos mais tarde do que a hora prevista, isso é todos os dias.)

6 – formatação do corpo
Relativamente à aparência física, devemos formatá-la meticulosamente, ao gosto sexista do patrão. Na loja onde trabalho, várias colegas tiveram por isso de eliminar os seus pírcingues, apagar também a cor das unhas (lá só é admitido o vermelho) e uma até teve de mudar de penteado. O patrão quer que nos apresentemos como autênticas bonecas. Faz lembrar os escravos que eram levados para as Américas, a quem se retiravam as suas marcas corporais para serem explorados sem outra identidade que a de escravos (seres humanos transformados em mercadorias).
7 – pausa para comer/urinar/descansar é crime
Mas o pior de tudo é mesmo o que acontece durante o tempo de trabalho. Os meus superiores querem que eu esteja as 4 horas sentada a render o máximo que é humanamente possível, por isso, dificultam ao máximo as minhas pausas – que são legais e demoraram séculos a conquistar – para ir comer qualquer coisa ou ir simplesmente à casa de banho. A única coisa que me autorizam a levar para junto de mim, no meu posto de trabalho na caixa, é uma garrafinha de água previamente selada e nada mais. De resto, o que levar para comer e beber (sumos e iogurtes líquidos não podem ir comigo para a caixa) tenho que deixar no Posto de Informações e só tenho acesso quando da caixa telefono para lá. Normalmente, no Posto, fazem que se esquecem desses pedidos, passando uma eternidade até eu finalmente conseguir ir comer. E, quando a muito custo lá consigo obter autorização para ir comer, sou pressionada para ser ultra rápida, pelo que em vez de mastigar estou mais habituada a engasgar-me. O mesmo acontece com as idas à casa de banho, sempre altamente dificultadas.
8 – gerem-nos como se fôssemos animais
Há uns tempos, uma colega sentiu-se mal quando estava na caixa, fartou-se de pedir licença para ir à casa de banho, mas foi obrigada como de costume a esperar tanto, tanto que lá se vomitou, quase em cima de um cliente.
Não se calem e denunciem todos os abusos nas redes sociais e nos blogs.
(gostava imenso de assinar, mas os 260€ do salário fazem-me tanta falta)

Desconhecido deu uma pizza ao Papa Francisco. O que ele fez de seguida está a emocionar o mundo.

Anda a circular nas redes sociais um vídeo incrível e que está a emocionar todos os católicos e fãs do Papa Francisco.

Numa visita do Papa a uma cidade italiana, um empregado de uma pizzaria aproximou-se do papamóvel, passou os seguranças e ofereceu uma pizza a Francisco, mas o que o Papa fez foi incrível e está a dar a volta ao mundo. Este Papa mostrou novamente que merece ficar no cargo superior da igreja católica por muitos anos.

Veja aqui as imagens.

Gruta no Alentejo esconde um mistério assombroso.

Portugal é um país cheio de mistérios. É verdade que há países que escondem grandes mistérios em grutas e montanhas, mas o que foi descoberto nesta gruta no Alentejo é de arrepiar.

A pessoa que fez este video de 2 minutos decidiu ficar no anonimato, mas nas redes sociais o vídeo já é um sucesso. Se gosta de curiosidades e mistérios, vai ficar de cabelos em pé com o que foi descoberto nesta gruta situada em Reguengos de Monsaraz, distrito de Évora, Alentejo.

Veja e fique deslumbrado.